09/08/2008

Vila Real com 150 mil euros para a nova época

O Sport Clube de Vila Real tem um orçamento realista, para enfrentar a nova época desportiva de 2008/2009. O valor global ronda os 150 mil euros, um pouco superior ao da época passada que se fixou nos 125 mil euros. Este orçamento é o possível, atendendo às dificuldades económicas que atravessam todos os sectores de actividade. José Silva, dirigente do Vila Real, refere, com alguma mágoa, o distanciamento dos sócios e da cidade transmontana dos jogos do clube.

“A situação não é favorável, uma vez que os sócios estão desligados do clube. Atendendo às receitas que o clube tem, tivemos que fazer um orçamento muito realista e equilibrado, para conseguir ter tudo em dia, com os atletas e técnicos que trabalham no Vila Real”, sustentou aquele responsável.
A Direcção garante que este valor já está assegurado, o que vai permitir estabelecer metas objectivas para a época. Para já, o objectivo passa pela manutenção na III Divisão, mas, conforme o decorrer da época, os objectivos irão sendo ajustados.
O regresso do clube aos Campeonatos Nacionais implica maiores despesas, mas a Direcção sublinha que tem as contas controladas.
A aposta continua a ser em jogadores não profissionais, sendo todos eles amadores. Os treinos vão continuar a ser à noite, o que permite aos jogadores conciliar a sua vida profissional com a actividade desportiva. Para a Direcção, esta é a fórmula a seguir no Campeonato da III Divisão, uma vez que os recursos são parcos e é necessário apostar na semi-profissionalização e nos jovens da terra.
Quanto aos jogos de preparação, o primeiro decorreu em Viseu. No passado fim-de-semana, o Vila Real deslocou-se à cidade visiense, para defrontar o Académico local, e, apesar da derrota, pela margem mínima, os vila-realenses apresentaram já algum entrosamento, fruto da equipa ter a estrutura base da época transacta. Nestes jogos, o mais importante não são os resultados, mas, sim, analisar as condições em que se apresentam os jogadores, depois do período de férias. Durante o jogo, foram testados os vinte e dois jogadores, onze na primeira parte e os outros onze no segundo tempo. Este foi o primeiro teste, mas outros vão seguir-se, para a equipa técnica verificar posicionamentos em campo e integrar, da melhor forma, as caras novas do plantel.
in www.avozdetrasosmontes.com

2 comentários:

Nuno disse...

A ver vamos se o VR muda de rumo...É impressionante ver o VR pior que o Chaves, sendo ele "capital de distrito"... É que nas condições actuais ninguém quer saber do clube... O clube não mostra profissionalismo, parecem amadores. Precisamos sem demoras de evoluir o clube, atrair empresários da "terra" e cativar os mais novos e verem o seu clube...

Agradeço desde já ao responsável deste site, pelo trabalho incansável...

Anónimo disse...

Paqrecem amadores????? Não.
estes jogadores são amadores mas mais parecem profissionais pela atitude demonstrada.
Grandes homens que vestem esta camisola. A eles o meu obrigado