24/07/2008

FPF versus Povo Português

Por: José Carlos Leitão

«Como poderemos levar a sério uma instituição, na qual as pessoas pensam que podem fazer em coligação o que bem lhe apetece e de forma arbitrária assumir decisões que não têm incumbência para tal»

Este inicio de temporada, faz-me recordar o célebre verão de 93, quando por falta de pagamentos dos respectivos salários, alguns jogadores do S.L.Benfica rescindiram unilateralmente os seus contratos. Não pelo caso em concreto, mas sim pela cobertura mediática que o caso teve na altura.

Neste momento novas polémicas assaltam o nosso campeonato Português, da época anterior transita o célebre caso do Apito Dourado, que tal como se esperava, depois de dezenas de processos, trocas de acusações, escutas legais e ilegais, e principalmente um desvio de atenções para problemas bem mais importantes no Pais, os principais visados foram condenados com penas irrisórias e das quais ainda poderão recorrer neste momento, esperando-se que o caso ainda se prolongue por muito tempo. Nos “entre tantos” tivemos também a intervenção da UEFA, órgão máximo do Futebol Europeu, suspendendo provisoriamente o F.C.Porto da sua participação da Liga dos Campeões, mas depressa recuaram depois de assistirem a inércia e capacidade de decisão que permeiam quem Gere actualmente o Futebol Português.

Por último, e na qual eu gostaria de me alongar mais no comentário, foi a estrondosa “suposta” reunião do Conselho de Justiça da FPF, na qual iriam ser debatidas e votadas as decisões quer da descida ou não do Boavista F.C e da suspensão do Presidente do F.C.Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa. Neste sentido e com desprezo total em termos de Direito, particularmente do Direito Administrativo que legalmente rege tais determinações, destituem o Presidente e unilateralmente tomam a decisão de baixar o Boavista a Liga Vitalis e manter o castigo ao Presidente do F.C.Porto . Ora isto é impensável em qualquer associação regional, quanto mais num órgão da FPF. Como poderemos levar a sério uma instituição, na qual as pessoas pensam que podem fazer em coligação o que bem lhe apetece e de forma arbitrária assumir decisões que não têm incumbência para tal, ultrapassando e pisando é um termo que se adequa, para levar as suas decisões a bom porto.

Isto é irreal e mesmo de difícil compreensão para as pessoas inseridas em comunidade e na qual unicamente tem uma breve ideia do” ser de direito” e sentido de direito. Conclusão, a decisão foi congelada, claro está o presidente do conselho de Justiça interpôs recurso, e tal como previmos tudo está na mesma, ou seja com os campeonatos a iniciar, com planteis e patrocínios a negociados com a incerteza do amanha, dado as equipas envolvidas não saberem que escalão irão disputar para a época desportiva de 2007/2008. Senão eis que, depois destas trapalhadas todas e das noticias a serem difundidas por toda a Europa, o governo acha que alguma coisa??? Está mal e decide intervir para amenizar a situação, e qual o homem mais indicado para o Fazer? O nome só podia ser Diogo Freitas do Amaral, entendido como o salvador nesta trapalhada total. Ele ficou incumbido pelo Governo de realizar um Parecer sobre todo o processo e apresentar as alternativas a Luz do Direito Administrativo. O Parecer pelo qual ainda ninguém teve acesso contém cerca de 150 páginas de sabedoria e de consequentes honorários, porque para quem não sabe, um Parecer, realizado por um Catedrático, pode em casos especiais, tal como este, custar a volta dos 10 e 15 mil euros.

Espero que os leitores fiquem elucidados sobre as breves linhas que aqui escrevi, e que reflictam comigo, será que vocês não conseguiriam resolver esta situação em três tempos? Será preciso tanta coisa?....

Clique aqui para ver o Parecer

5 comentários:

Anónimo disse...

Gostei muito da sua opinião sobre o que se passa no campeonato sagres, queira dar-lhe os sincerros parabens pelo artigo
bem haja Vasco Sameiro

Anónimo disse...

Como poderia contacta-lo? gostaria e trocar umas inpressões sobre o que tenho lido escrito por si..
bem haja Vasco sameiro

FR disse...

Caro leitor, o José Carlos Leitão é colaborador deste site, todavia, ele próprio possui um blog sobre os mais variados assuntos.
O link é o seguinte:

k7pirata.blogspot.com

Aí pode trocar impressões, e se preferir, pedir-lhe o e-mail.

Cumps,

FR

jose Carlos disse...

Devido as ferias tem me sido impossivel aceder com mais assiduidade a net, se me quiser contactar o meu e-mail é k7pirata@sapo.pt
peço desculpa pela demora na repost

Anónimo disse...

Muito bem, gostei , continua assim...Abraço A.Barros