26/06/2008

CAVR quer internacionalização já em 2009

Mesmo com um ano de atraso face ao previsto, o Clube Automóvel de Vila Real (CAVR) quer concretizar em 2009 a desejada internacionalização do Circuito, recuperando, ao mesmo tempo, o projecto que previa a realização de dois fins-de-semana de corridas no mês de Junho, com um intervalo de 15 dias ou, no máximo, três semanas, de modo a minimizar os transtornos à população.

Para já, contudo, a prioridade é identificar os pontos que poderão merecer algum tipo de intervenção antes do pedido de homologação da pista, ou no mais acessível Grau 4 da FIA, ou, se possível e desejável, no mais exigente Grau 3, que permitiria já a realização de provas com viaturas de Grande Turismo e até monolugares de Fórmula 3. "Ainda é um sonho, mas que estou convicto se vai tornar realidade já no próximo ano", revelou Jorge Fonseca, presidente do CAVR. "Há vontade política para isso, mas algumas coisas não dependem só de nós. Mediante as nossas possibilidades, e após analisarmos o caderno de encargos, decidiremos qual o grau de homologação a que nos vamos propor, mas sempre na certeza de que não daremos passos maiores que as pernas ", enfatizou.
Primeira inspecção Embora a título particular, Eduardo Freitas, Director de Prova permanente do WTCC, e Carlos Bertrand, presidente da Comissão de Segurança da Real Federação Espanhola de Automobilismo (RFEA) e membro da Comissão de Circuitos e Turismos da FIA, estiveram de quarta-feira a domingo em Vila Real, analisando em detalhe todas as questões relacionadas com a segurança e deixando alguns conselhos úteis relativamente a futuras intervenções.
Bertrand, um dos supervisores do novo circuito citadino de Valência, não demorou em identificar os principais problemas do traçado transmontano: "É demasiado rápido, precisando mais um ou dois pontos de travagem na descida de Mateus; algumas escapatórias deveriam ser revistas, sobretudo à saída de algumas rotundas; e, talvez mais difícil de concretizar, era importante encontrar um novo e mais amplo espaço para o Paddock", pormenorizou. "São apenas conselhos, mas que estou convicto permitiriam facilmente a homologação da pista em Grau 3".

In: AutoSport

3 comentários:

jose Carlos disse...

Sempre muito atento o nosso FR em relação ao circuito automóvel de Vila real.

Anónimo disse...

Não falha loool
pode ser k qualquer dia tenhamos aki a formula 1 :)

lipe

jose Carlos disse...

lol se por causa de 2 dias de corridas, existiram tantas queixas, imagina se viesse o circo da formula 1 lol ficava quase tudo passado... :O)